Boletim de Fechamento

Fechamento de Mercado – 28/08/2017

Brasília, 28 de agosto de 2017

NOTAS ECONÔMICAS — Fechamento dos Mercados

Resumo diário: Investidores aproveitaram o dia de agenda vazia para a realização de lucros já que a semana será recheada de indicadores importantes, como a divulgação do resultado do PIB do segundo trimestre. Além disso, as votações no Congresso têm início a partir de amanhã. No cenário internacional, os estragos causados pela tempestade tropical Harvey, nos Estados Unidos, provocaram o fechamento de refinarias de petróleo instaladas na região do Golfo do México, o que afetou a cotação dos barris de petróleo.

Bolsa: A queda nos preços do petróleo impediram a Bolsa de buscar o viés positivo no dia. A realização de lucros das empresas do setor financeiro ratificaram o humor morno dos investidores. O índice oscilou ao longo do dia e encerrou em leve queda de 0,08%, mesma variação de sexta-feira, aos 71.016 pontos.
Juros: No mercado de juros futuros os DIs também oscilaram ao redor dos ajustes ao longo do dia em referência a ausência de notícias relevantes que pudessem estabelecer alguma direção. O investidor optou por manter sua posição diante da agenda forte de dados e eventos nos próximos dias. Nesse contexto, o DI Jan/19 encerrou o dia em 7,83%, de 7,82% no ajuste anterior. O DI Jan/21 terminou estável em 9,30%.
Dólar: O dólar também operou próximo à estabilidade diante da agenda fraca e à espera da votação dos destaques da TLP e a eventual apreciação pelo Senado. A divisa norte-americana encerrou o dia em alta de 0,30%, valendo R$3,16.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.