Boletim de Fechamento

Fechamento de Mercado – 23/05/2017

Brasília, 23 de maio de 2017

NOTAS ECONÔMICAS — Fechamento dos Mercados

Resumo diário: A ação conjunta entre BC e Tesouro ajudaram a acalmar os ânimos dos investidores no dia. A percepção é de que as reformas estruturais serão tocadas adiante mesmo com o imbróglio político que assola o país. No ambiente externo, analistas monitoram o ataque terrorista que ocorreu ontem em Manchester, no Reino Unido.

Bolsa:  Após a queda dos últimos dias, o Ibovespa teve um dia de recuperação. Reconquistaram valor sobretudo as ações mais penalizadas pelo escândalo político que explodiu na semana passada. O índice encerrou o dia em alta de 1,60%, aos 62.662 pontos.
Juros:  DIs tiveram um dia de baixa, em sintonia com o dólar fraco ante o real. O mercado começa a trabalhar com a possibilidade de uma saída de Temer e a condução de um novo nome por meio de eleições indiretas. A expectativa é de manutenção da equipe econômica e possibilidade de que as reformas sigam o trâmite no Congresso. O DI JAN/18 ao final da sessão valia 9,60%, de 9,75% na véspera. O DI JAN/21 fechou com taxa de 11,03%, de 11,55%.
Dólar:  O dólar encerrou o dia em queda ante o real refletindo a venda de US$ 2 bilhões no mercado futuro via contratos novos de swap cambial e perspectivas de que o Banco Central e o Tesouro nacional estendam os leilões diários de swap e de títulos com o objetivo de garantir a liquidez dos negócios, tendo em vista o cenário político indefinido. A divisa norte-americana encerrou o dia valendo R$ 3,26.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.