Boletim de Fechamento

Fechamento de Mercado – 08/06/2018

Brasília, 08 de junho de 2018

NOTAS ECONÔMICAS — Fechamento dos Mercados

Resumo diário: A contínua deterioração dos fundamentos econômicos, que hoje contou com corte das projeções do PIB em 2018 pelo Itaú e Bank of America Merrill Lynch – e a ansiedade pela pesquisa Datafolha de intenção de votos para presidente programada para domingo, além de fatores técnicos seguiram imputando cautela aos mercados. O movimento, no entanto, foi amenizado nos mercados de juros e câmbio em função de atuação do Bacen e declarações de membros do Tesouro.

Bolsa: O Ibovespa teve mais um dia de queda em meio à continuidade da fuga dos investidores estrangeiros do mercado acionário doméstico. A percepção de piora do cenário de risco local ganha novos componentes à medida que instituições financeiras reduzem projeções para o crescimento da economia brasileira este ano. O índice encerrou o dia em queda de 1,23%, aos 72.942 pontos.
Juros: O dia foi de muita volatilidade no mercado de DIs que encerraram o dia em queda ao longo de toda curva a termo, sobretudo após entrevista de membros do Tesouro que acalmaram o mercado. O DI Jan/19 encerrou o dia com taxa de 7,34%, de 7,59% da véspera. A taxa de DI para janeiro 2021 fechou em 9,58%, de 9,79% do ajuste anterior.
Dólar: O dia foi de alívio no mercado de câmbio em virtude da firme intervenção do Banco Central via swaps cambiais. Entretanto, a percepção do risco do mercado doméstico segue no foco dos investidores. A moeda americana encerrou o dia em queda de 5,35%, valendo R$ 3,70.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.