Boletim de Fechamento

Fechamento de Mercado – 05/07/2018

Brasília, 05 de julho de 2018

NOTAS ECONÔMICAS — Fechamento dos Mercados

Resumo diário: Investidores operaram com cautela no dia reagindo às incertezas do quadro político interno e aos rumos do comércio internacional antes da entrada em vigor de tarifas dos Estados Unidos contra a China.

Bolsa: A Bolsa tinha espaço para uma realização de lucros, após acumular ganho de quase 6% em cinco sessões, e foi o que aconteceu no dia. Petrobras e Eletrobras, que haviam iniciado o dia no azul, inverteram a direção com o esgotamento do efeito positivo do noticiário corporativo e seguida pelas ações da Embraer que reagiram negativamente ao anúncio de uma nova joint venture com a americana Boeing. O Ibovespa encerrou o dia em queda de 0,37%, aos 74.467 pontos.
Juros: Os juros futuros encerraram a sessão regular em alta pressionados pelo desconforto com o patamar do câmbio, num dia em que o principal enveto da agenda foi externo, a ata do Federal Reserve, mas que não teve muito efeito sobre as taxas. O DI Jan/19 terminou em 6,91%, de 6,84% do dia anterior. O DI Jan/21 terminou em 9,41%, de 9,32% de ontem.
Dólar: O dólar teve mais um dia de alta ante o real refletindo o cenário eleitoral brasileiro incerto e a cautela dos investidores no mercado internacional. O afastamento do ministro do Trabalho do cargo por decisão do ministro do STF ratificaram o movimento de valorização. A divisa americana encerrou o dia em alta de 0,45%, valendo R$ 3,93.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.