Boletim de Fechamento

Fechamento de Mercado – 01/06/2018

Brasília, 01 de junho de 2018

NOTAS ECONÔMICAS — Fechamento dos Mercados

Resumo diário: No dia seguinte ao feriado, os mercados domésticos foram surpreendidos com o pedido de demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente. A notícia causou uma onda de aversão ao risco e as ações da companhia entraram em leilão, em meio à busca acelerada por segurança e acionamento de ordens de stop loss na Bolsa. No ambiente internacional, dados do mercado de trabalho norte-americano voltaram a dar sinais de força e incentivaram a tomada de risco pelos investidores.

Bolsa:  A bolsa doméstica chegou a operar em baixa ao longo do dia em virtude do anúncio da demissão de Pedro Parente da Petrobras. No entanto, o bom humor nas bolsas internacionais conseguiram reverter a queda e o Ibovespa encerrou o dia com valorização de 0,63%, aos 77.239 pontos. As ações da Petrobras encerraram em queda de 14,86%, valendo R$ 16,16.
Juros:  A princípio os DIs reagiram mal à demissão de Pedro Parente da Petrobras. Entretanto, a liquidez fraca e o leilão do Tesouro fizeram com que os vencimentos de prazo curto e intermediário fechassem a sessão regular em baixa e as longas perto dos ajustes e com viés de alta. O DI Jan/19 encerrou o dia com taxa de 6,74%, de 6,79% do dia anterior. O DI Jan/21
Juros:  A alta do dólar no dia foi motivada, a princípio, pelo relatório de emprego dos EUA em maio melhor que o esperado e também pela piora do humor local depois do pedido de demissão de Pedro Parente da Petrobras. A divisa americana encerrou o dia em alta de 0,75%, a R$ 3,76.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.