Boletim de Abertura

Abertura de Mercado – 26/01/2018

Brasília, 26 de janeiro de 2018

NOTAS ECONÔMICAS — Abertura dos Mercados

Ambiente Financeiro:

Externo: as principais bolsas internacionais sustentam o viés positivo diante das expectativas da divulgação do PIB do 4T17 dos EUA e do discurso de Donald Trump, em Davos. No momento, o dólar segue a tendência de desvalorização ante as moedas externas e commodities sobem.

Interno: na reabertura dos mercados locais os preços dos ativos apontam para uma continuidade do otimismo observado na quarta-feira por conta dos ganhos dos papéis brasileiros no exterior.

Bolsa: A avaliação de que diminuíram as chances de Lula se eleger neste ano e ambiente financeiro global propenso ao risco tende a manter o viés de alta do Ibovespa no pregão regular.
Juros: O bom humor externo e previsões de melhora do emprego formal e do investimento estrangeiro direto devem contribuir para que a curva à termo de juros ceda no dia.
Dólar: A captação de US$ 2 bilhões da Petrobrás realizada ontem e a conjuntura econômica externa positiva tende a manter o dólar em queda ante ao Real.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.