Boletim de Abertura

Abertura de Mercado – 25/01/2018

Brasília, 25 de janeiro de 2018

NOTAS ECONÔMICAS — Abertura dos Mercados

Ambiente Financeiro:

Externo: os temores de que as medidas protecionistas de Washington possam levar ao isolamento dos norte-americanos no comércio internacional ainda provoca depreciação do dólar ante a maioria das divisas externas. Nos mercados acionários, bolsas asiáticas fecharam em baixa com o Nikkei caindo 1,13% e o índice Xangai em queda de 0,31%. A bolsa japonesa reflete a apreciação do iene frente ao dólar e os efeitos disso sobre as exportações nipônicas, enquanto na praça acionária chinesa fatores técnicos como a realização lucros de ações financeiras pesaram. Na Europa, sinais de crescimento econômico mais consistente e espera pela decisão do Banco Central Europeu (BCE) ajudam as bolsas do velho mundo a trabalharem no azul. Futuros de bolsa de Nova York seguem no positivo por conta do sólido gastos com consumo e aceleração dos negócios. Por ora, commodities operam em alta e o dólar cede ante a maioria das divisas externas.

Interno: Bolsa brasileira fica fechado em virtude do feriado de aniversário da cidade de São Paulo.

Bolsa: Ibovespa sem negócios no dia.
Juros: Juros futuros sem negócios no dia.
Dólar: Taxa de câmbio sem negócios no dia.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.