Boletim de Abertura

Abertura de Mercado – 12/05/2017

Brasília, 12 de maio de 2017

NOTAS ECONÔMICAS — Abertura dos Mercados

Ambiente Financeiro:

Externo: os agentes financeiros operam de forma modesta nesta manhã, no aguardo de novos dados da economia norte-americana que devem fornecer um panorama do consumo e da inflação no país. Bolsas e dólar mostram movimentos laterais.

Interno: em dia de agenda esvaziada, os operadores seguem monitorando o andamento das reformas previdenciária e trabalhista. Ontem, Rodrigo Maia afirmou que irá determinar a data da votação da reforma da Previdência na próxima semana, sinalizando maior confiança na aprovação.

Bolsa: a melhora do clima ao longo da semana por parte dos investidores abre espaço para o Ibovespa seguir a tendência de alta. Vale destacar a perspectiva de reação ao balanço da Petrobrás que deve ser bem recebido pelo mercado.
Juros: o otimismo com o andamento da reforma da Previdência deve manter o viés de baixa da estrutura à termo de juros no pregão de hoje.
Dólar: conjuntura externa ligeiramente volátil deixa o Petróleo fortalecido, após os dados de vendas no varejo e de inflação mais fracos do que o esperado dos EUA. O ânimo dos players domésticos com as perspectivas do andamento da reforma da Previdência reforça o viés de apreciação do real contra o dólar.

Esta publicação foi produzida pela GEREI – Gerência de Relações com Investidores, e tem caráter primordialmente informativo. As opiniões e informações contidas neste relatório são estimativas referentes à data do informativo e foram elaboradas com base em dados de fontes, em princípio, confiáveis e de boa-fé, porém, não há nenhuma garantia expressa ou implícita, sobre sua exatidão. Assim, a DIRFI/GEREI não se responsabiliza por qualquer risco, perda direta ou indireta que seja consequência de imprecisão contida no relatório ou da utilização de seu conteúdo, bem como não configura qualquer garantia de rentabilidade. Todas as perspectivas de mercado derivam de nosso julgamento e podem ser alteradas tempestivamente sem aviso prévio, por conta de mudanças que possam afetar as estimativas fornecidas pela área. Ressaltamos que este trabalho não constitui nenhuma oferta de venda ou solicitação para compra de quaisquer títulos e valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros. Elaboração: DIRFI/GEREI. Fontes: AE Broadcast, BACEN, IBGE, FGV e LCA Consultores.